sábado, 23 de maio de 2009

Máquina de Escrever - Vida Simples 92/365

Desenterrei fala verdade?
As esquecidas máquinas de escrever têm função novamente... primeiro porque são itens vintage e ficam ótimas na decoração e no meu caso nem por isso e sim porque pretendo fazer fitas com palavrinhas para mandar às minhas amigas e clientes, fitas de cetim personalizadas e handmade... uma idéia que já está há um tempo na minha cabeça.
Minha busca começou no flickr, eu favoritei as mais simpáticas e menores, depois comecei a olhar no etsy e descobri que os preços nem eram assim tão altos, mas o mais engraçado é que esqueci de perguntar pro pessoal da casa sabe como é?
Então, a máquina de escrever, essa aí da foto, estava bem na minha cara o tempo todo! Ela era do avô do meu marido, estava na casa do meu sogro, guardadinha porque claro, ninguém mais usava, mas também ninguém tinha coragem de mandá-la embora já que ela era uma lembrança de uma pessoa querida.
Meu sogro me deu com prazer e em questão de minutos, uma coisa que estava se tornando um sonho virou realidade.
Isso prova que muitas vezes o que queremos está bem debaixo do nosso nariz e a gente fica lá, sonhando com o que está bem longe... fui piegas, mas esse exemplo foi muito clássico, assim como a minha Lettera20.
Ela num é uma gracinha?

2 comentários:

Nanna disse...

Semana passada aconteceu uma coisa parecida comigo, não com máquinas de escrever e sim com de costura. Sou doida pra comprar uma máquina singer mais moderninha, minha mãe tem uma elgin antiga somente costura reta, comentei com minha madrinha que gostaria de comprar uma a mais de 2 anos e nunca consegui, ela me disse que tem três e que se quiser pode vender uma pra mim com preço mais em conta. Imagina minha felicidade, bem debaixo do meu nariz como vc disse.
Abreijos.

Aquela que só inventa! disse...

Bom demais quando acontece isso né?